domingo, 20 de abril de 2014

Pudim Francês a receita da avó Luisa

Pudim francês é um daqueles doces que me faz salivar só de falar :)), mas sempre que penso nesta sobremesa, a minha memória leva-me, invariavelmente, ao que a minha avó fazia, tinha um sabor único, uma consistência perfeita e uma cor irresistível, Talvez por isso, sempre que como pudim francês, nunca me satisfaz plenamente. Este ano, decidi que na Páscoa, seria eu a fazer o pudim, a minha mãe deu-me a receita, da mãe dela, e cá está o fantástico pudim francês da avó Luisa.

Já agora aproveito para contar o facto curioso das 4 gerações de Luisas, a minha avó materna, chamava-se Luisa, a minha mãe chama-se Luisa, eu sou Luisa e a minha filha, para não fugir à regra...é Luisa, hereditariamente parece que o amor pela culinária foi passando ao longo destas gerações de Luisas, e espero que perdure, pois tem dado bons frutos :))

 




Ingredientes:

  • 1 quartilho de leite (500 ml de leite meio-gordo)
  • 11 gemas de ovo
  • 1 ovo inteiro
  • 12 c sopa de açucar
  • 1 casca de limão (só a parte vidrada, sem a parte branca)
  • 1 pau de camela
  • 1 cálice de Vinho do Porto
  • 3 c sopa rasas de farinha maizena


Para o caramelo:

  • 8 c sopa de açúcar
  • 3 c sopa de água


Preparação:


  • Preparar o caramelo e caramelizar a forma onde vai ser feito o pudim. Reservar
  • Aquecer o leite com o limão e a canela, não deixar ferver, retirar do lume e deixar arrefecer. Quando completamente frio retirar a canela e o limão.
  • Bater com varas, os ovos e o açúcar
  • Diluir num pouco de leite frio a farinha maizena
  • Juntar aos ovos batidos o leite, a farinha diluída e o Vinho do Porto.
  • Verter para a forma, fechá-la e amarrar um guardanapo de pano em torno da tampa da forma, para evitar que entre água durante o processo de cozedura, colocar a cozer. Eu cozinho na panela de pressão, com água até meio da forma e depois de começar a apitar, deixo cozinhar durante 30 minutos. Desligo e deixo arrefecer completamente, depois coloco no frigorífico, pelo menos umas quatro horas antes de desenformar.
  • Também pode ser cozido no forno, em banho-maria durante duas horas. 
  • Nunca deve ser desenformado sem estar completamente frio, o tempo de frigorífico é essencial para um resultado perfeito. 




Bom apetite, acreditem é delicioso!!

13 comentários:

  1. Que pudim fabuloso! A receita é igual à do pudim francês da minha mãe, que eu também acho que ninguém faz como ela... Ficou lindo, lindo! Eu sou doidinha por pudins, já estou a salivar...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ^Nestas alturas aproveito sempre para me deliciar com estes sabores, gosto de fazer as iguarias que confeccionavam lá em casa no tempo dos meus avós. E eu também sou doidinha por pudins ;)
      Beijinho

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada! É um bocadinho :)) calórico, mas a Páscoa também só se celebra uma vez no ano ;)
      Beijinho

      Eliminar
    2. Vou experimentar fazer. Vamos ver como me saio. Obrigada por partilhar uma receita de família com tanto carinho. Bem haja.

      Eliminar
  3. Ficou lindo,o meu marido adora pudins e eu vou `roubar` a receita pois ele vai adorar.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazes bem, eles gostam destes "mimos" ;)
      Beijinho

      Eliminar
  4. A minha mãe também se chama Luísa, e faz um pudim muito parecido com este:)
    Ficou lindo e guloso.

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coincidência engraçada ;) A tua mãe só pode ser boa pessoa :))
      Beijinho

      Eliminar
  5. Olá Luísa,
    Muito obrigado pela sua visita ao Paraíso!
    Este pudim francês, receita da sua avó parece delicioso, confesso que nunca fiz mas vou levar a receita para um dia de inspiração e festa em família! Quem vai delirar é o meu marido!!
    Beijinhos do Paraíso ^-^

    ResponderEliminar
  6. Não conhecia este blogue, e estou simplesmente rendida :)
    Este pudim está uma verdadeira tentação, vou ter de o experimentar!
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Está com um aspecto divinal e um caramelo como eu gosto. A salivar. Hei-de comparar a sua receita com a minha para ver as nuanças. Um bem-haja e parabéns pela página.

    Daniel

    www.asreceitasdaavohelena.blogspot.com

    ResponderEliminar